top of page
Buscar
  • contatotexttou

Não parece, mas cobramos muito barato!

Atualizado: 6 de mar.

"Seu serviço é MUITO BARATO!", ouvimos de um cliente há pouco tempo. Foi um choque para nós! E ele fez questão de comentar no dia em que finalizarmos nossos trabalhos.


Não parece mas cobramos muito barato


Na ocasião, estávamos entregando os últimos relatórios de resultados, planejamento para os meses seguintes, além de arquivos digitais com vários materiais, a exemplo de pesquisas de mercado, diagnósticos, manual de identidade visual da marca e layouts prontos.


Entregamos também um manual de boas práticas com todo o aprendizado que tivemos ao atuarmos com os profissionais da empresa durante os 180 dias de prestação de serviços.


A princípio, ouvir a frase "Seu serviço é MUITO BARATO!" nos surpreendeu imensamente, sobretudo porque, durante as negociações para a nossa contratação, o empresário havia considerado nosso preço muito alto e, após ter assinado o contrato, foi muito criticado, inclusive publicamente!


O que mudou em 180 dias? A percepção de valor!


Quando nos procurou, o empreendedor queria apenas um profissional que pudesse atualizar os perfis da marca nas plataformas de redes sociais online pelo período de seis meses.


Entretanto, ele aceitou nos ouvir em relação ao potencial que a marca tinha e o que era preciso mudar e aprimorar.


Iniciamos os trabalhos com nossas parceiras de Gestão de Pessoas e com pesquisas de mercado. A cultura organizacional precisava tomar forma, eram urgentes os mapeamentos de processos e ficou nítido que não havia alinhamento entre a empresa e alguns colaboradores e parceiros.


Foi um momento tenso, mas percebemos o quanto foi benéfico para quem ficou e para quem saiu. Passados quase dois anos desde o término dos nossos serviços, está ainda mais claro o desenvolvimento da carreira dos profissionais onde estão atualmente.


E a empresa? Reconfigurou seu DNA, mudou de nome, tem uma nova marca, estabeleceu seus processos, formou novos times, aprimorou sua comunicação interna e externa, se reposicionou no mercado e, entre outras mudanças positivas, iniciou um processo de expansão que incluiu recentemente o projeto de franquias.


E pensar que nosso trabalho seria "apenas" produzir postagens durante seis meses. Mas fizemos uma revolução!


Você consegue imaginar quanto a empresa teria perdido se nós tivéssemos aceitado fazer apenas o que o empreendedor enxergava como marketing naquele momento?


Nada de análise de público-alvo ou de essência da marca, sem estudo de concorrência e da jornada do consumidor, sem análises dos times nem definição de índices de desempenho, funil de conteúdo ou linhas editoriais.


Nós teríamos feito um serviço MUITO CARO!


Você concorda?




Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page